Menu

Já é membro? Coloque o seu nome de utilizador e password

Ir diréctamente al contenido

Plano de negócio

Data de publicação 13/12/2011

 


>> O que é um Plano de Negócio?

O Plano de Negócio é um documento que identifica, descreve e analisa uma oportunidade de negócio, examina a viabilidade técnica, económica e financeira da mesma, e desenvolve todos os procedimentos e estratégias necessárias para converter a oportunidade de negócio num projecto empresarial concreto.

É uma ferramenta imprescindível quando se quer pôr em andamento/marcha um projecto empresarial, seja qual for a experiência profissional do empreendedor ou empreendedores e a dimensão do projecto.

Inclusive para empresas já estabelecidas, um Plano de Negócio bem definido será a base sobre a qual se levantem projectos de crescimento ou diversificação da actividade principal.

Para que serve um Plano de Negócio?

Objectivos

A elaboração de um Plano de Negócio tem dois objectivos concretos:

Por um lado permite ao empreendedor levar a cabo um exaustivo estudo de todas as variáveis que possam afectar a oportunidade, fornecendo-lhe a informação necessária para determinar com bastante certeza a viabilidade do projecto. Uma vez em andamento/marcha, o Plano de Negócio servirá como ferramenta interna para avaliar o andamento da empresa e os seus desvios sobre o cenário previsto.

O Plano de Negócio também tem como objectivo o ser a carta de apresentação dos empreendedores e do projecto perante terceiras pessoas: bancos, investidores institucionais e privados, sociedades de capital de risco, organismos públicos e outros agentes implicados na altura de pedir qualquer tipo de colaboração e apoio.

Utilidades

O Plano de Negócio tem diferentes utilidades em função da situação em que se encontre o projecto.

Se a empresa não iniciou a actividade, as utilidades são:

  • Guia de planificação empresarial
  • Instrumento para a procura de financiamento
  • Desenvolvimento de novas estratégias e actividades

No caso da empresa já ter iniciado a sua actividade, o Plano Empresarial será um documento de referência para os empreendedores, que podem comprovar os desvios que se estiverem a produzir no andamento do projecto.

Como se faz/elabora um Plano de Negócio?

A elaboração de um Plano de Negócio exige uma série de recomendações mínimas que afectam aspectos formais do mesmo como vocabulário, estrutura, conteúdo ou a própria apresentação do documento, já que, como se indicou, tem como objectivo ser uma carta de apresentação da empresa.

Não obstante, existe uma grande liberdade de acção dependendo da intenção que segue o Plano, as pessoas a quem vai dirigido, o sector e o tipo de actividade empresarial e inclusive o lugar onde se levará a cabo a actividade.

As condições a que todos os Plano de Negócio devem obedecer para que tenham utilidade são:

Qualidade da informação
A informação e redacção oferecida deve ser clara, concisa, verídica e comprovada.

Actualidade
O Plano deve ser um documento que recolha informação e dados actualizados, já que um desfasamento/desencontro nos mesmos, mesmo pequeno, sobretudo em projectos de alto conteúdo tecnológico, o faz pouco útil.

Totalidade da informação
O Plano de Negócio abrange todas as áreas da actividade empresarial, já que procura ser o mais completo possível.

Unicidade de critérios na redacção
O Plano de Negócio costuma dirigir-se a mais de um leitor, pelo que é importante usar uma linguagem que seja compreensível por mais de um grupo: investidores, bancos, fornecedores, técnicos, etc.

Os redactores de Planos de Negócio que tenham como objectivo produtos ou serviços de alto conteúdo tecnológico, devem fazer um esforço especial para aproximar a sua terminologia a uma linguagem clara a todos os colectivos/grupos interessados.

As vantagens de fazer um Plano de Negócio são:

  • Oferecer uma visão sobre a viabilidade do negócio.
  • Estruturar toda a informação.
  • Possível apresentação a futuros sócios ou investidores.
  • Garante a profissionalização.

>> O Plano de Negócio está orientado para o estudo de mercado e plano comercial. Uma boa ideia não basta sê-la, mas também deve chegar ao seu público.

Notícias de emprego

Ir directamente al inicio de esta página